Os benefícios do gengibre para a saúde são principalmente ajudar na perda de peso, acelerando o metabolismo, e relaxar o sistema gastrointestinal, prevenindo náuseas e vômitos. No entanto, o gengibre também atua como antioxidante e anti-inflamatório, ajudando na prevenção de doenças como câncer cólon-retal e úlceras no estômago.

O gengibre é uma raiz que pode ser utilizada em chás ou em raspas que podem ser adicionadas a água, sucos, iogurtes ou saladas. A seguir estão listados 6 benefícios desse alimento.

1. Auxiliar na perda de peso

O gengibre auxilia na perda de peso porque atua acelerando o metabolismo e estimulando a queima de gordura corporal. Os compostos 6-gingerol e 8-gingerol, presentes nessa raiz, atuam aumentando a produção de calor e suor, o que também ajuda no emagrecimento e na prevenção do ganho de peso.

2. Combater azia e gases intestinais

O gengibre é bastante utilizado para combater azia e gases intestinais, devendo ser consumido principalmente na forma de chá para obter esse benefício. Esse chá é feito na proporção de 1 colher de gengibre para cada 1 xícara de água, e o ideal é que sejam ingeridas 4 xícaras de chá ao longo do dia para se obter a melhoria nos sintomas intestinais.

3. Atuar como antioxidante e anti-inflamatório

O gengibre tem ação antioxidante no corpo, agindo na prevenção de doenças como gripes, resfriados, câncer e envelhecimento precoce. Além disso, ele também tem ação anti-inflamatória, melhorando os sintomas de artrite, dor muscular e doenças respiratórias, como tosse, asma e bronquite.

4. Melhorar náuseas e vômitos

Devido à sua propriedade antiemética, o gengibre ajuda a reduzir as náuseas e vômitos que frequentemente ocorrem durante a gravidez, tratamentos de quimioterapia ou nos primeiros dias após cirurgias. A melhora desses sintomas é obtida após cerca de 4 dias de consumo de 0,5 g de gengibre, o que equivale a cerca de ½ colher de café de raspas gengibre que devem ser tomados de preferência pela manhã.

5. Proteger o estômago contra úlceras

O gengibre ajuda a proteger o estômago contra as úlceras porque ajuda no combate à bactéria H. pylori, principal causadora de gastrite e úlceras estomacais. Além disso, o gengibre também previne o aparecimento do câncer de estômago, que na maior parte dos casos está ligado a alterações nas células provocadas pela úlcera.

6. Prevenir o câncer cólon-retal

O gengibre também atua na prevenção de câncer cólon-retal, pois possui uma substância chamada 6-gingerol, que impede o desenvolvimento e a proliferação de células cancerígenas nessa região do intestino.

7. Regula a pressão arterial

Devido a sua capacidade de adaptação no corpo, o gengibre pode regular a pressão em pessoas que possuem pressão alta. Isso pode acontecer porque atua inibindo a formação de placas de gordura nos vasos, aumentando a sua elasticidade e favorecendo a circulação. Além disso, é capaz de afinar o sangue, tornando-o mais fluido e melhorando o fluxo de sangue no corpo.

Quando não consumir o gengibre

O gengibre deve ser consumido conforme orientação do fitoterapeuta ou do nutricionista, pois o consumo em quantidades excessivas pode resultar em hipoglicemia em pessoas diabéticas, ou hipotensão em pessoas que possuem hipertensão.

Além disso, pessoas que fazer uso de medicamentos para afinar o sangue, como a Aspirina, por exemplo, pois o gengibre pode potencializar o efeito do remédio e causar mal estar e sangramentos. O consumo de gengibre pelas gestantes também deve ser orientado pelo médico.


Via: Tua Saúde

COMPARTILHAR
Paradigma Feminino
Paradigma Feminino é o portal para a mulher moderna multitasking diária e diva nos seus momentos eu!

RECOMENDAMOS


COMENTÁRIOS