Algumas pessoas têm alguma dificuldade em lembrar de determinadas coisas, mas isso não significa que sejam burras ou menos inteligentes ou até mesmo mais distraídas. Na realidade, significa exatamente o contrário.

De acordo com um estudo realizado pelos pesquisadores Paul Frankland e Blake Richards, da Universidade de Toronto, apesar de ser muito bom um cérebro que é capaz de guardar toda a informação e manter essas memórias, é muito melhor aquele que é capaz de substituir pequenos detalhes por novas informações importantes para as nossas tomadas de decisão.

É importante que o cérebro esqueça detalhes irrelevantes e se concentre nas coisas que o ajudarão a tomar decisões no mundo real“, explicou Richards em entrevista à CNN.

No nosso cérebro existe uma estrutura localizada nos lobos temporais chamada hipocampo, que é responsável por armazenar todas as nossas memórias. Contudo, quando este começa a ficar muito cheio, acaba por apagar as memórias sem importância a fim de guardar aquelas que serão realmente importantes para a nossa vida e dia-a-dia.

Se você quer navegar pelo mundo e o seu cérebro está constantemente trazendo memórias conflitantes, fica mais difícil para tomar uma decisão“, disse Richards.

Felizmente, para aqueles que não têm essa capacidade natural, existem diversas formas de ajudar o seu cérebro a fazer uma “limpeza de rotina”, como praticarem exercício físico com regularidade, ou até mesmo passear ao ar livre ou à beira-mar.

Logo, se você esquece de algumas pequenas coisas, isso apenas significa que, na realidade, você é bastante inteligente e seu cérebro é capaz de distinguir o que é informação dispensável e o que é realmente importante. Contudo, se o esquecimento passa por coisas importantes, então pode mesmo ser um problema sério e o melhor é procurar ajuda de um médico especialista.


Traduzido e adaptado por Paradigma Feminino


Por Sábias Palavras
COMPARTILHAR
Paradigma Feminino
Paradigma Feminino é o portal para a mulher moderna multitasking diária e diva nos seus momentos eu!

RECOMENDAMOS


COMENTÁRIOS